Quem sou eu

Minha foto
Dizem que sou muito engraçada. Sou mandona, educadora, firme, (não é não!!! não vira sim, só porque insistiram muito). Sou muito observadora, guardo detalhes, palavras, atitudes, situações que passam despercebidas para os outros. O bom é que não sou facilmente enganada, o ruim, é para os outros, já que não esqueço..... e uso depois para confirmar que tinha razão! Para muitos, posso ser então considerada vingativa, uma verdadeira nativa de ESCORPIÃO, mas na verdade é só questão de percepção! Atualmente sou coordenadora da comissão da mulher advogada da OAB/Santos/SP.

quarta-feira, setembro 22, 2010

Para ser feliz Luiz Alca de Sant' Anna

Barômetro

Para ser feliz
Publicado hoje no Jornal A Tribuna de Santos.

"Uma cuidadosa pesquisa do Instituto Gallup, feita em 153 países, mostrou que para atingir esse magnífico estado de espírito, que podemos chamar de felicidade, cinco fatores de bem-estar são necessários"
Luiz Alca de Sant' Anna


Ao contrário do que prega a mídia e os manipuladores, não é preciso ganhar a Mega Sena acumulada ou enquadrar-se inteiramente naquele rótulo "qualidade de vida" ­ que, junto com outros, como "logística" e "custo-benefício", pressionam os nossos dias ­ para ser feliz. Uma cuidadosa pesquisa do Instituto Gallup, feita em 153 países, mostrou que, para atingir esse magnífico estado de espírito que podemos chamar de felicidade, cinco fatores de bem-estar são necessários, além, evidentemente, da saúde, sem excessos ou compromissos tirânicos que fanatizam tantos e de uma razoável condição financeira que não nos leve a apertos e misérias. Sem ambições desmedidas. Eles são o bem-estar social, afetivo, comunitário, profissional e espiritual, formando um conjunto de fatores que equilibram nossos desejos e respondem às ânsias, favorecendo o processo afetivo-nervoso e respondendo aos quadros mentais e emocionais. O que leva ao estado de espírito do ser feliz. A pesquisa teve a participação de um grupo respeitável de participantes, entre sociólogos, filósofos, economistas, psiquiatras e psicólogos e foi avalizada pela Organização Mundial de Saúde. Tem tudo a ver. O bem-estar social é a integração dentro dos núcleos onde se vive e se atua, merecendo respeito e sendo validado em atitudes e presença, não vivendo à margem e percebendo o quanto se vale para a ação conjunta. É muito importante. Sem amor, como ser feliz? Logo, o bem-estar afetivo é a percepção de que se é amado e querido pelos parceiros, amigos, parentes. De que as pessoas demonstram querer bem e agem nesse sentido. Uma das melhores coisas desta vida, já que somos seres amoráveis e precisamos do sentimento amor como necessitamos do ar. Bem-estar comunitário está ligado a ajudar o próximo, sentir-se útil, não apenas no sustento familiar, nos interesses pessoais, mas também na dedicação aos necessitados, trabalhando numa entidade beneficente ou contribuindo de alguma forma que não apenas a financeira. Estender a mão e alimentar a alma. Em termos profissionais, fazer o que se gosta. Trabalhar naquilo que se pode colocar a marca pessoal e assim tornar uma atividade algo especial e única, o que tanto realiza. Creio, também, em se atuar com honestidade, decência, fazer de um desempenho ou de uma função a honra de um serviço e não a mera forma de locupletar-se. Como se pode atingir momentos de felicidade na realização profissional e que, pena, tantos ignorarem isso! Finalmente, o bem-estar espiritual, o encontro da verdade pessoal com a fé na Grande Ordem. Acreditar na proteção, no encontro e tentar, ao menos tentar, atender aos apelos de quem nos colocou aqui e que solicita o entendimento do que é, realmente, o destino. De que estamos aqui para evoluir e deixar aberto um bom caminho para o próximo. A pesquisa também fala que só 8% dos milhares de entrevistados no planeta conseguem o bem-estar nos cinco fatores, além do físico e do financeiro. A maioria porque os desconhece como fonte ou os relegou em nome de outras propostas. Para ser feliz não é preciso muito, como se vê.
E você, acha que o é através desses cinco fatores?

Um comentário:

Esplendor da criação. disse...

Obrigada querida por me acompanhar, tbm estou te acompanhando é bom essa troca de ideias. Li seu texto e concordo plenamente, somos muito mais do que matéria e se ñ preservarmos este lado ñ seremos completas. Bjus.